Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
6/07/23 às 16h49 - Atualizado em 6/07/23 às 16h50

São Sebastião terá nova Casa da Mulher Brasileira

A Secretaria da Mulher (SMDF) publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quarta-feira (5), o extrato do contrato de execução com uma empresa especializada para a construção da unidade da Casa da Mulher Brasileira tipo III, em São Sebastião. O valor total do contrato é de R$ 1.864.984,42.

 

“Nosso compromisso é fortalecer a rede de apoio e empoderar as mulheres, buscando a construção de uma sociedade mais justa e igualitária”Giselle Ferreira, secretária da Mulher

Para a secretária da Mulher, Giselle Ferreira, o novo equipamento público será um ponto de suporte e proteção às mulheres que mais necessitam. “Em breve, São Sebastião contará com um espaço integrado, possibilitando a oferta de serviços especializados. Nosso compromisso é fortalecer a rede de apoio e empoderar as mulheres, buscando a construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, destaca a secretária.

A líder comunitária Eliza Soares Santana comemora o acolhimento de mulheres no projeto do GDF | Foto: Vinicius de Melo/ Secretaria da Mulher

O Distrito Federal ganhará quatro novas unidades da Casa da Mulher Brasileira (CMB) para realizar o atendimento e acolhimento de mulheres em situação de violência e vulnerabilidade. As quatro novas unidades serão construídas em São Sebastião, Sobradinho II, Recanto das Emas e Sol Nascente e pertencerão à tipologia III, definida pelo número de habitantes das regiões administrativas onde estarão localizadas. Isso significa que elas serão menores do que a CMB de Ceilândia, mas igualmente preparadas para atender às mulheres.

 

Para a líder comunitária Eliza Soares Santana, a Casa da Mulher Brasileira de São Sebastião é muito importante para toda a comunidade. “A casa nos acolherá em momentos de fragilidade, além de aumentar nossa autoestima e agregar mais pontos positivos para que as mulheres possam cuidar de si e, consequentemente, ter coragem e apoio para tomar suas próprias decisões”, destaca a moradora.

 

Novas Casas da Mulher

 

Por meio de um Acordo de Cooperação Técnica com a Novacap, o edital de concorrência para seleção das empresas especializadas para as construções de São Sebastião, Sobradinho II e Recanto das Emas foi finalizado. A licitação da unidade do Sol Nascente está na fase final, com o valor final de construção e mobiliário de cerca de R$ 2,1 milhões – com repasse federal e a contrapartida do GDF.

 

O recurso orçamentário dos contratos de repasse para a construção e mobiliário das quatro Casas da Mulher Brasileira foi de cerca de R$ 4,9 milhões de emendas federais para o DF e R$ 3,9 milhões de contrapartida do Governo do Distrito Federal. Os equipamentos serão coordenados pela equipe da Secretaria da Mulher e reforçam a presença do Estado junto à população.

 

Governo do Distrito Federal