Governo do Distrito Federal
29/03/22 às 14h59 - Atualizado em 30/03/22 às 15h45

O “Espaço Acolher – Nafavd” funcionará de portas abertas em Samambaia

O equipamento realizará o acolhimento e acompanhamento por meio de busca espontânea

 

O “Espaço Acolher – Nafavd” funciona de portas abertas e permite que qualquer homem busque atendimento e acompanhamento de forma espontânea. A primeira unidade com esta configuração foi inaugurada em Samambaia, hoje (30).

 

Este equipamento da Secretaria da Mulher (SMDF) oferece acompanhamento psicossocial às pessoas envolvidas em situação de violência de gênero e acolhe tanto as vítimas, quanto os autores de violência, mas antes era preciso que eles fossem encaminhados pelo Poder Judiciário ou Ministério Público. Agora, qualquer um pode chegar e pedir ajuda.

 

“A criação de uma sede própria deste Núcleo, que trabalha com vítimas e autores de violência doméstica, é um ganho para toda a população. Agora, será possível conhecer de perto os serviços oferecidos por este equipamento e, mais importante, facilitará o atendimento de qualquer homem que procurar ajuda”, reforça a secretária da Mulher, Ericka Filippelli.

 

O “Espaço Acolher – Nafavd” nasceu com a proposta de atender homens e mulheres envolvidos em situações de violência doméstica e familiar contra mulheres, tipificadas pela Lei Maria da Penha, incentivando a construção de projetos que promovam a superação da situação de violência e o desenvolvimento de capacidades e oportunidades, visando a autonomia pessoal, social e econômica das partes.

 

Além disso, uma equipe especializada da Secretaria da Mulher realiza um trabalho de responsabilização, reeducação e conscientização dos autores de violência doméstica e familiar. O objetivo é provocar reflexões sobre as questões de gênero, além de incentivar a comunicação e a expressão dos sentimentos e também de entender o que diz a lei, buscando quebrar o ciclo da violência doméstica.

 

No local ainda serão oferecidos serviços de acolhimento, escuta qualificada, atendimentos individuais ou em grupo, acompanhamento psicossocial, monitoramento pós-desligamento e encaminhamento a outros órgãos da rede de enfrentamento à violência doméstica, quando necessário.

 

Além de Samambaia, outras quatro cidades do Distrito Federal também receberão uma unidade do “Espaço Acolher – Nafavd”. A SMDF já publicou os editais de chamamento público para locação de imóvel em Santa Maria, Planaltina, Sobradinho e Paranoá.

 

Nafavds

 

Os Núcleos de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (Nafavds) existem desde 2003, quando foi aberta a primeira unidade do equipamento na sede do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), também em Samambaia.

Com nove locais de atendimento espalhados pelo DF, os núcleos, antes, só recebiam mulheres e homens encaminhados pelo Poder Judiciário ou pelo Ministério Público, envolvidos em situações de violência doméstica e familiar, tipificados pela Lei Maria da Penha.

 

Serviço:

 

Local: Edifício Arena Mall (QS 406, Conjunto E, Lote 3, Loja 4, Samambaia Norte).

 

Governo do Distrito Federal