Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
15/09/23 às 12h54 - Atualizado em 15/09/23 às 13h27

Mulheres artesãs rurais realizam feira no anexo do Palácio do Buriti

Iniciativa da Secretaria da Mulher oferece às integrantes do Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e Cerrado a chance de expor, mensalmente, produtos em ponto central do DF

 

A oportunidade de vender e divulgar o trabalho de 20 mulheres do campo e do cerrado agora será mensal no anexo do Palácio do Buriti. Geleias, licores, toalhas de mesa bordadas, bolsas, laços e até colmeias de abelhas são vendidos no local. O objetivo da 1ª Feira das Mulheres do Campo e do Cerrado – mulheres rurais, indígenas, ciganas e quilombolas, realizada nesta sexta (15), até as 16h, é gerar independência financeira de mulheres em situação de vulnerabilidade ou em ciclo de violência familiar.

 

Podem expor na feira as mulheres participantes do Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e Cerrado e de programas das secretarias integrantes | Fotos: Divulgação/SMDF

As próximas edições estão previstas para 9 de outubro, 13 de novembro e 12 de dezembro. Para a secretária da Mulher, Giselle Ferreira, a feira é mais uma conquista das mulheres empreendedoras. “Iremos, cada vez mais, fortalecer iniciativas como esta e multiplicá-las pelo DF. As mulheres devem conquistar o seu espaço para terem a própria renda e, assim, a sua autonomia econômica”, afirmou.

 

Podem participar as mulheres participantes do Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e Cerrado e de programas das secretarias integrantes. Atualmente, o fórum é composto por representantes do Governo do Distrito Federal (GDF) e da sociedade civil. A finalidade do grupo é debater propostas voltadas ao enfrentamento da violência, contribuir para autonomia econômica e ampliar a qualificação profissional das mulheres rurais.

 

A 1ª Feira das Mulheres do Campo e do Cerrado tem participação de mulheres rurais, indígenas, ciganas e quilombolas

Conceição Pereira, artesã e moradora do assentamento 10 junho – Ponte Alta Norte, fabrica artesanato na fibra da banana, além de geleias e licores. Há mais de 20 anos expõe a sua arte no DF. “A feira nos ajuda muito a termos a oportunidade de divulgar nossos produtos e de contribuir nas despesas de casa. Lá na roça, não temos trabalho fixo, o nosso trabalho é vir aqui vender nossos produtos. É muito importante participar das feiras e espero que cada vez tenham mais ”, destaca.

 

Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e do Cerrado

 

O Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e do Cerrado é um órgão colegiado vinculado à Secretaria da Mulher do Distrito Federal, que tem sua organização sob a coordenação da Diretoria de Mulheres Rurais, da Subsecretaria de Promoção das Mulheres.

*Com informações da Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF)

Governo do Distrito Federal