Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/01/14 às 22h04 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Mais de 800 ações beneficiam mulheres da zona rural

COMPARTILHAR

Dias de lazer e cultura e o Ônibus da Mulher estão entre as iniciativas

rural400Brasília (13/01/2014) – A Secretaria da Mulher do Distrito Federal dá toda a atenção ao público feminino da zona rural. De janeiro a dezembro, segundo dados do balanço das atividades de 2013, foram realizadas mais de 800 ações de enfrentamento à violência doméstica e familiar e de políticas públicas destinadas à valorização, autonomia e emancipação das mulheres no campo e cerrado.

“Levamos aos locais de moradia e convivência informações e serviços que atendem às necessidades dos movimentos organizados de mulheres trabalhadoras rurais. Também demos atenção às demandas do Programa de Assentamento de Trabalhadores Rurais, cuja adesão ocorreu em fevereiro do ano passado”, disse Olgamir Amancia, secretária da Mulher.

Por meio do programa Rede Mulher Rural, que trabalha com o objetivo de empoderar e valorizar as mulheres do campo e ampliar seu acesso às políticas públicas, foram realizadas atividades como dia de lazer e cultura, articulação para criação do fórum de mulheres rurais e Ônibus da Mulher. 

Ônibus – O Ônibus da Mulher, unidade móvel para mulheres em situação de violência nas áreas rurais, é uma forma de o governo ir até às comunidades mais distantes e carentes para dar atendimento às mulheres vítimas de violência. O ônibus leva atendimento psicológico, social, jurídico e assistência em geral. 

Por onde passam, oferecem ainda cartilhas da Lei Maria da Penha com orientações para cada tipo de agressão às mulheres. “Desde outubro, quando iniciamos as primeiras visitas dos ônibus, foram realizados mais de 300 atendimentos, num total de dez comunidades contempladas em Planaltina e Brazlândia”, informa a secretária Olgamir Amancia. 

Os atendimentos, de ordem jurídica, social e psicológica, são feitos no interior dos ônibus, em compartimentos montados especificamente para isso. Do lado de fora, são realizadas atividades lúdicas e educativas, de sensibilização e conscientização. 

As unidades móveis fazem parte do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e se somam ao programa ‘Mulher, Viver sem Violência’, do governo federal. 

O DF recebeu dois ônibus da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). A gestão de logística e itinerário dos ônibus, assim como dos serviços de atendimento, são de responsabilidade da Secretaria da Mulher do DF. 

Fórum – Outra medida importante foi a criação do Fórum Distrital Permanente das Mulheres do Campo e do Cerrado, em dezembro deste ano, cuja finalidade é formular e debater propostas de políticas voltadas ao enfrentamento da violência contra a mulher e a sua autonomia no Distrito Federal. 

“O fórum também surgiu como uma forma de promover a participação social na definição e prioridades e na gestão do Ônibus da Mulher. É mais uma política que integra o Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e o programa ‘Mulher, Viver sem Violência’, do governo federal”, acrescenta Olgamir Amancia.

Carolina Sales
Ascom SEM/DF
(61) 3961-1782 /3425-4779