Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/18 às 11h14 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Na Caravana do Idoso, foi anunciado o programa ” Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa”

COMPARTILHAR

 

O Aniversário foi do Guará, nesta sexta-feira(18/05), mas a festa chegou ao Salão de Múltiplas Funções na Área Especial do CAVE e reuniu os Idosos da região.

Os Idosos que frequentemente recorrem aos Cras e Creas, para fortalecimento de vínculos e os serviços de apoio social, hoje, tiveram uma tarde de atividades culturais e dançante. Uma banda de Forró animou a festa.

A 5a. Caravana do Idoso, evento em parceria com a Administração Regional do Guará e a Sedestmidh, contou com o apoio de outros parceiros, como a DECRIN, Delegacia Especial de Repressão aos crimes por discriminação racial, religiosa e crimes sexuais. Os servidores também prestaram informações sobre os Centros de Referências e Conselhos dos Direitos dos Idosos. A Secretaria Ilda Peliz, da Sedestmidh, acompanhada de Assessores, cumprimentou José Dias, conhecido pelos amigos como o Kojak, de 93 anos.

Kojak é um frequentador assíduo do espaço. E foi ao lado dele que deu uma boa notícia a todos;

O Distrito Federal acaba de assinar o Temo de intenção de Adesão ao Programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. Um programa de integração dos Ministérios da Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos com apoio de Organismos Internacionais prevê, juntamente com os estados e o Distrito Federal, ações voltadas às pessoas Idosas para que sejam assegurados todos os direitos. ” Esse programa tem por objetivo dar qualidade de vida, um envelhecimento saudável e uma população ativa.  É uma preocupação deste governo promover, saúde, educação, desenvolvimento social, segurança e mobilidade urbana.

O Governo do Distrito Federal tem equipamentos que viabilizam tudo isso , só falta aglutinar, interrelacionar as ações: o idoso vai ao Cras, e podemos encaminhá-lo à todas as ações, seja o DECRIN, CRAS e CREAS, etc.
Hoje a população brasileira de 230 milhões de pessoas, conta com 30 milhões de idosos, é muito importante esse tipo de ação”, concluiu Ilda Peliz.

Por: Claudia Miani