Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/02/18 às 15h06 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Idosos curtem o Baile de Carnaval no Guará

COMPARTILHAR

 

Com festa e alegria, mais de mil idosos curtiram as marchinhas no Baile de Carnaval dos Idosos, que acontece pela terceira vez no Salão de Múltiplas Funções do Guará II. A decoração temática e a banda “Pé de Cerrado” trouxeram a lembrança das brincadeiras vividas durante os carnavais de 50 anos atrás, no Teatro Nacional, como lembrou o José Dias, conhecido como Kojak. Ele tem 93 anos é a terceira vez que participa da festa.

 

Para ele, ter um carnaval só para os idosos é muito importante, porque a maioria não sai muito de casa. “Aqui conversamos, fazemos amizades e dançamos, eu mesmo adoro dançar. Danço a semana inteira no Centro de Convivência do Idoso”, completou.

 

O evento é aberto ao público, mas a maioria dos idosos que brincavam no salão são atendidos nos Centros de Convivência de Idosos (CCIs), nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), nas Unidades de Acolhimento de Idosos (UNAI) e nos Centros Olímpicos e Paraolímpicos de todo o Distrito Federal.

 

Segundo o Subsecretário de Direitos Humanos, Rodrigo Dias, a realização do baile é uma forma de promover a cultura e o lazer para os idosos. “ Esse é um eixo fundamental para o processo do envelhecimento ativo e reconhecimento dos direitos das pessoas mais velhas”, afirmou. Para ele, a sociabilização que o evento promove ajuda no reforço aos princípios de independência, participação, dignidade, assistência e autorrealização, que são estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde.

 

O coordenador de Pessoas Idosas da Sedestmidh, Gilvan Andrade, afirmou que ver os idosos brincando de pular carnaval e buscando uma qualidade de vida, mostra que o Governo de Brasilia está comprometido com as políticas da terceira idade.

 

O Baile dos Idosos faz parte do Programa Brasília Cidadã e é uma realização do Governo de Brasília em parceria com a Governadoria; Casa Militar; secretarias de Cultura, Cidades, Esporte Turismo e Lazer e Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos (Coordenação de Pessoas Idosas). O evento também conta com o apoio da Federação das Indústrias do Distrito Federal – FIBRA-DF, da Caesb e de voluntários.

 

Por: Camila Piacesi