Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/09/17 às 17h42 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Governo de Brasília lança Bilhete Único e recarga de cartões pela internet

COMPARTILHAR

Melhorias para o transporte público foram anunciadas pelo governador Rodrigo Rollemberg e pelo secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, na manhã desta sexta (22), no Palácio do Buriti. Créditos poderão ser comprados on-line a partir de segunda (25)


O governo de Brasília lançou, na manhã desta sexta-feira (22), o Bilhete Único e a recarga on-line de créditos para abastecer cartões do transporte público. A compra pela internet estará disponível a partir de segunda-feira (25).

O anúncio foi feito pelo governador Rodrigo Rollemberg e pelo secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, no Palácio do Buriti, como parte das celebrações do Dia Mundial sem Carro.

 

Com um grupo de dez cartões — quatro deles novos —, os usuários terão mais facilidades para acessar a integração do transporte público do Distrito Federal, o que vai resultar em economia para o cidadão.

 

Rollemberg comemorou o cumprimento de um dos seus mais importantes compromissos de campanha. “Para quem precisa pegar dois ônibus, ou um ônibus e o metrô, vai ter uma economia muito grande, além da comodidade”, disse.

Os cartões do metrô serão gradualmente substituídos pelo Bilhete Único. A troca permitirá que todos usem os ônibus e o metrô com o mesmo cartão. Além disso, haverá mais catracas para acesso às estações com o Bilhete Único, o que trará mais agilidade.

 

Três cartões (+Brasília Cidadã, +Estudante e +Vale-transporte) estarão disponíveis na nova versão a partir de segunda-feira (25) para quem for adquirir pela primeira vez ou tirar segunda via.

 

Os que já têm cartões que dão acesso à integração e a benefícios não precisam trocá-los, pois estarão automaticamente no Bilhete Único. Também não haverá necessidade de atualizar cadastros.

 

Apenas os usuários dos cartões Flex e Múltiplo do metrô deverão migrar — gradativamente — para o Bilhete Único. A Secretaria de Mobilidade orienta os passageiros a gastar todo o crédito já carregado no cartão para somente depois solicitar a troca. O modelo unitário do metrô continuará em vigor para os que usam o serviço eventualmente.

 

Fonte: Agência Brasília

Mais informações