Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/05/14 às 22h23 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Varjão sedia Encontro de Economia Feminista e Solidária

COMPARTILHAR

Evento é um dos quatro últimos que fecham a etapa inicial do Selo Rede Mulher

Brasília (7 de maio de 2014) – A Secretaria da Mulher realiza nesta quinta-feira (8) o Encontro de Economia Feminista e Solidária do Varjão. É o primeiro dos quatro encontros previstos para este mês e que encerrarão a primeira etapa do projeto Selo Rede Mulher Artesã.

Os encontros de Economia Feminista e Solidária são a porta de acesso aos benefícios do Selo Rede Mulher, que tem como objetivo promover o reconhecimento, a valorização e a autonomia socioeconômica das artesãs e trabalhadoras manuais do Distrito Federal.

Com o término dos encontros, será iniciada a segunda fase do projeto, que constará da seleção dos 50 grupos de artesãs que terão seus produtos e histórias divulgados num site na internet e em dez mil catálogos físicos. Elas receberão ainda duas mil etiquetas para promoção de seus produtos, além de acesso a oportunidades especiais de comercialização e de qualificação.

As artesãs do Varjão, interessadas em participar do encontro nesta quinta, deverão levar seus trabalhos para o galpão de eventos da cidade, das 14h às 17h. Lá, elas poderão fazer a inscrição para concorrer ao Selo Rede Mulher. Os seus produtos (cinco peças, no máximo) serão fotografados para posterior inclusão no site do Selo, que está em fase de criação.

Balanço – Segundo a secretária da Mulher, Valesca Leão, já foram realizados até o momento 13 encontros de Economia Feminista e Solidária, com a participação de 524 artesãs de 22 regiões administrativas do DF e de quatro municípios de Goiás. Ao todo, 73 grupos candidataram-se a concorrer ao Selo Rede Mulher, dos quais 21 foram formados na hora, durante a realização dos encontros.

Além do atendimento da Secretaria da Mulher, nos encontros as participantes têm acesso a serviços oferecidos pelo GDF e instituições parceiras como o Instituto Federal de Brasília (IFB), o Sebrae-DF, o BRB, o Fórum de Economia Solidária do DF, a Rede de Economia Solidária e Feminista e a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais.

Serviço:

Mais três encontros de Economia Feminista e Solidária estão programados para este mês: dia 15, das 9h às 16h, no PADF; dia 22, das 14h às 18h, em Sobradinho; e dia 31, das 9h às 18h, em Brasília. Não é necessário fazer inscrição prévia. Para participar, basta se dirigir ao local com as peças de artesanato.

Carolina Sales
Ascom SEM-DF
3961-1782 e 3245-4779