Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/09/17 às 18h36 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

“Diálogos dos Direitos Humanos” na Ceilândia

COMPARTILHAR

Amanhã (5/9), às 13 horas, começa mais um bate-papo do ciclo “Diálogos dos Direitos Humanos” promovido pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh). Desta vez, é a hora dos idosos de Ceilândia dialogarem com o Governo de Brasília sobre assuntos relacionadas as áreas afetas as pessoas da terceira idade. O encontro será no Centro de Convivência do Idoso (CCI) Luisa de Marillac na QNN 32, módulo C – Ceilândia Sul.

 

Na ocasião, os presentes serão divididos em grupos com as seguintes temáticas:  Assistência Social a Pessoa Idosa, Educação, Esporte, Cultura, e Lazer para Pessoa Idosa, Saúde da Pessoa Idosa, Acessibilidade e Transporte, Família e Habitação, Segurança e Trabalho e Previdência Social.

 

As sugestões compartilhadas nos grupos serão encaminhadas para a minuta do Plano Distrital de Envelhecimento Ativo, que tem previsão de entrega em dezembro deste ano. O documento está em construção preliminar no âmbito da Sedestmidh, por meio da Coordenação da Pessoa Idosa da Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos, com base nas deliberações da última conferência distrital e nas oficinas descentralizadas realizadas pelo Conselho dos Direitos do Idoso do DF no ano de 2016.

 

Rede de Atenção à Pessoa Idosa da Sedestmidh

O Distrito Federal conta com 17 Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, 27 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), 9 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), Conselho dos Direitos do Idoso, Unidades de Acolhimento Institucional, Centros de Referência Especializados para a População em Situação de Rua, Serviço Especializado de Abordagem Social e CREAS da Diversidade.

Os 20 CCIs do DF cadastrados são ligados a Grupos e Associações de Idosos, sendo competência da Coordenação de Pessoas Idosas prestar apoio técnico para a qualificação do trabalho ofertado.

 

Por: Camila Piacesi