Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/05/14 às 22h53 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

DF é destaque em encontro de políticas para mulheres do Centro-Oeste

COMPARTILHAR

Secretária citou ações locais que servem de modelo para outros estados

fo100Brasília (29/05/2014) – A secretária da Mulher do DF, Valesca Leão, apresentou nesta quinta (29), no Encontro Regional de Gestoras dos Organismos de Políticas para as Mulheres (OPMs) do Centro-Oeste, que termina nesta sexta (30), em Goiânia (GO), exemplos de políticas públicas de gênero desenvolvidas no DF que são modelo para outros estados.

Ela destacou, em especial, três recentes iniciativas – a regionalização do Conselho dos Direitos da Mulher do DF (CDM-DF), a campanha contra o assédio sexual a mulheres nos ônibus e o projeto “Parada segura”.

Sobre o CDM-DF, Valesca explicou que o colegiado, que reúne entidades do governo e da sociedade civil para defender e aprimorar as políticas em defesa dos direitos das mulheres, está investindo, no momento, na organização de conselhos regionais.

“O Distrito Federal tem 39 regiões administrativas. Com a regionalização dos conselhos, vamos criar uma maior capilaridade e chegar mais perto do local de moradia das mulheres. Tudo isso será importante para definirmos com mais perfeição as nossas políticas públicas”, afirmou ela.

A respeito da campanha contra o assédio sexual nos ônibus, Valesca, que participa do encontro juntamente com a subsecretária Maria Ivonete Gomes do Nascimento, disse que a iniciativa, lançada em março, tem encorajado as usuárias de transporte coletivo no DF a denunciar os homens que cometem esse tipo de abuso.

Ela informou que a campanha tem como slogan “Assédio sexual nos ônibus é crime. Denuncie. Ligue 190” e é desenvolvida por meio de cartazes, cartilhas e spots de rádio. O objetivo é orientar as mulheres a saber como reagir da melhor forma possível nessas situações, chamando, inclusive, a polícia.

Já o projeto “Parada segura”, explicou Valesca, trata-se de decreto assinado pelo governador Agnelo, também em março, que permite às mulheres descerem dos ônibus a partir das 22h em locais mais próximos de suas casas, mesmo que seja fora do ponto.

“A medida dá mais segurança às mulheres trabalhadoras e estudantes que usam coletivo à noite. Podendo descer fora do ponto, mais perto de suas casas, elas ficam menos expostas a riscos nas ruas”, disse a secretária.

O Encontro Regional de Gestoras dos Organismos de Políticas para as Mulheres (OPMs) do Centro-Oeste é promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). O objetivo é trocar experiências bem sucedidas entre os estados da região – além do DF, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Ascom SEM-DF
3961-1782 e 3245-4779