Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/01/14 às 13h27 - Atualizado em 29/10/18 às 11h13

Carretas da Mulher já realizaram mais de 110 mil exames

COMPARTILHAR

“Com isso, prevenimos doenças devastadoras”, diz secretária Olgamir

CarretaMulherCriada numa parceria entre as secretarias da Mulher e da Saúde, a Carreta da Mulher representa um marco na história do Distrito Federal no que se refere ao atendimento à saúde integral das brasilienses. Prova disso são os números de exames: desde a inauguração do serviço, em 8 de março de 2012 – Dia internacional da Mulher -, já foram realizados 110.661 exames. Desse total, 37.949 são mamografias, 39.473 ecografias e 33.239 preventivos.

Atualmente, quatro unidades móveis percorrem as cidades fazendo atendimentos às mulheres perto de suas casas. A quarta carreta foi inaugurada no mês passado. “É uma satisfação chegarmos a esse número de exames. Parabenizo, em especial, os enfermeiros da Atenção Primária das regionais de Saúde pelo empenho na realização dos preventivos”, afirmou a subsecretária de Atenção Primária à Saúde, Rosalino Sudo.

Além de ressaltar a importância do programa para o bem estar e a saúde das mulheres, a secretária Olgamir Amancia, da Mulher, lembra que o atendimento móvel tem contribuído para reduzir as filas na rede pública de saúde. “Com as quatro unidades em operação, desafogamos as demandas dos hospitais públicos. O governo conseguiu atender as mulheres que mais necessitam de assistência. Com isso, prevenimos doenças devastadoras, como os cânceres de mama e de colo do útero”, disse Olgamir.

A carreta é equipada com consultórios, sala de exames, espaço para coleta de material (para o preventivo do câncer de colo de útero), aparelhos de mamografia e ultrassonografia. São feitas ecografias de tireoide, mamária, gestacional, transvaginal, abdômen total e pélvica.

Além de fazer diversos exames, as unidades móveis tem outro diferencial: um elevador para portadoras de deficiência física. O equipamento facilita o acesso de mulheres com dificuldade de locomoção que necessitam se submeter a um dos exames oferecidos pela carreta.

Carreta no Lago Norte – Nesta semana, de segunda (6) a sexta (10), a Carreta da Mulher atenderá a comunidade do Lago Norte. A Unidade Móvel de Saúde da Mulher ficará no estacionamento da Igreja Nossa Senhora do Lago, em frente à Prefeitura Comunitária na QI 1/3.

Serão realizados cem exames de mamografia e ecografia por dia, sendo 50 deles no período matutino e 50 no período vespertino. O único exame que não será realizado é o preventivo de câncer de colo uterino (Papanicolau).

As mulheres com menos de 40 anos só poderão fazer o exame de mamografia se tiverem o pedido médico. Já as maiores de 40 não necessitam de pedido. Esse exame é proibido para mulheres grávidas e as que estiverem amamentando.

Para os exames de ecografia são necessários o pedido médico datado em 2013 e o CID (Código Internacional da Doença). Além disso, para a ecografia transvaginal é necessário que a mulher não tenha relação sexual dois dias antes do exame. Já para a de abdômen, é necessário tomar cerca de seis copos de água antes.

Além desses exames, serão realizadas as ecografias mamária, urinária, de tireoide e gestacional.

Durante toda a semana, o posto de saúde ficará aberto com atendimento normal. A Carreta funcionará de segunda a quinta, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e na sexta o horário será corrido, das 8h às 14h.

Ascom SEM/DF (3961-1782) com informações da Agência Brasília