Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/03/18 às 14h50 - Atualizado em 29/10/18 às 11h14

Ação das Mulheres no Fórum Mundial da Água

COMPARTILHAR

 

Embaixadoras da Água, integrantes do Projeto Plante Água- Academia das Embaixadoras, foram ouvidas hoje no Fórum Mundial da Água, na Vila Cidadã, em Brasília.

 

O problema da água é universal e assim, de forma relevante, foi discutido o tema. A Agência Nacional da Água trouxe para reflexão; a realidade dos mananciais, os meios para preservar e garantir a qualidade dos recursos hídricos.

A Associação das Mulheres de Negócios- BPW Brasil, uma Ong de voluntárias, foi quem conduziu o evento.

Integram a Associação, representantes de 100 países, 40 mil mulheres e, no Brasil, tem atuação em 22 estados. O objetivo é tratar o assunto de forma global, como foi hoje, com representantes da Holanda,ONU, França. A intenção desse grupo é de conduzir ações conjuntas, por isso a missão é de capacitar e sensibilizar as mulheres, líderes das famílias e comunidades, para multiplicar políticas de preservação da água do planeta.

 

As próximas ações, agora, serão direcionadas à formulação de políticas para implantar projetos sociais nas áreas rurais e buscar o envolvimento da sociedade. E a ênfase é a concientização na base da formação do indivíduo; crianças, jovens e os homens para que cuidem do bem mais sustentável e importante para a sobrevivência da humanidade: a água.

 

A Roda de Conversa, “Mulheres de Brasília e a Água” contou com a presença da Subsecretária de Políticas para as Mulheres, Raíssa Rossiter, a Presidente da AMA BRASÍLIA, Cosete Ramos,como moderadora, além de representantes da política de todo o país. “A água é um compromisso de coração, por isso as mulheres de Brasília se fizeram presente neste dia, e com um manifesto que estamos conduzindo, em favor do cerrado e da água”, disse Cosete Ramos.

 

O Fórum Mundial da Água, segue até o dia 23 de março, ocorre pela primeira vez em Brasília e atraiu 10 mil congressistas, parlamentares e Chefes de Estado, representantes de mais de 150 países como; Estados Unidos, Etiópia, Israel, Itália, Japão, México e Turquia.

 

Para acessar a Vila Cidadã, bastará se credenciar gratuitamente. O funcionamento será das 9 às 22 horas, com entrada até às 21 horas. As atividades culturais estão previstas para a partir das 18 horas. E o evento ocorre no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

 

Por Cláudia Miani